quarta-feira, 3 de março de 2010

O amor em mim vive de passagem



Acho que sou um ser habitat, o amor geralmente vem, bate na porta e vai embora.

Devo ta confundindo as bolas, mas quero só um motivo justo pra tudo isso. Não devo andar contra as minhas próprias palavras, eu quero mesmo poder ir, ir e ir, mas não dar,algo me impede, e eu não quero escutar mais uma vez alguém me dizer “ Você é muito machista” PORRA de machista, e u falo serio! quanto mais eu quero gostar, quando mais eu quero andar a seu favor, alguém coloca a mão em meu peito e me empata de prosseguir.

Só sei que não dá mais pra continuar assim, ontem a noite fechei os olhos e com uma voz sublime lhe desejei boa noite e hoje fui ao seu encontro querendo logo gritar “ XAU, XAU E XAU”

CARALHO, o que se passa comigo?

PELAMORDEDEUS! senhor AMOR, dá pra deixar de fazer moradas tão repentinas em mim? passe mais de uma semana, um dia, um minuto, um segundo, eu preciso senti-lo de verdade, todos falam tão bem de vossa excelência.Me faça gostar e cuidar de alguém , me faça amar pra vida toda, me faça deitar no colo de um certo alguém satisfeita.

A impressão que tenho é que nunca vou ser de ninguém, que eu nunca vou amar ninguém, que não existe tampa pra minha panela, eu vou envelhecer sozinha, de casa pro trabalho, do trabalho pra casa, e nos fins de semana encher o bucho de pipoca com algumas amigas, todas casadas me obrigarão a freqüentar aqueles tediosos jantares entre casais, mas vou me recusar e danar-me no meio de um bando de adolescentes “ Que vergonha, uma quarentona no meio dessas crianças” Mas me imagino dividindo uma casa com um filhote meu, vou tentar roubar algum esperma por aí.

Um conselho: Não se envolva comigo, eu sou de hoje, NUNCA me coloque nos seus planos, talvez amanha nem a minha cara irá rever, provavelmente não saberás onde é minha casa e se souber não se atreva a toca a companhia, não me incomode, eu saberei a hora de lhe procurar. Se não apareci “bay bay, até nunca mais querido!”

E só mais uma, não se assuste, eu realmente supliquei , me ajoelhei aos pés do amor, mas ele não quis se habitar em mim por longo prazo, DESCULPE!

Um comentário:

magia de menina disse...

sentria me honrada de ser amada por você ♥.

Postar um comentário